Início do Século

Trump não foi eleito exclusivamente devido ao crescimento do radicalismo que se acentua no mundo. Se alguém disser que sabe explicar com exatidão o verdadeiro motivo que levou à sua eleição estará mentindo. Mas se essa polarização não foi um dos fatores, certamente será utilizada pela extrema direita para reforçar sua posição. Já vimos isso recentemente com o Jair Bolsonaro.

 

Desde  Janeiro de 2015, após os atentados contra o Charlie Hebdo em Paris, que vislumbro uma guerra de grandes proporções nos próximos 10 anos na Europa. Eu estava de férias no Rio quando o atentado ocorreu. Voltei para a França poucos dias depois, e ainda no Aeroporto de Paris comprei alguns jornais e revistas que abordavam o tema profundamente. Foi lendo este material que comecei a enxergar o contexto mundial de forma diferente.

 

Muitas características presentes no mundo naquela época e intensificadas nestes quase 2 anos, já eram claramente visíveis. Mas até então eu não imaginava que em pleno século 21 o radicalismo pudesse ser a resposta encontrada por tantas pessoas para combater os problemas do mundo. Infelizmente não guardei os artigos que li naquele dia (naquela época eu não sabia que estaria escrevendo hoje para um site), mas explicando de forma breve, eles apresentavam pesquisas que mostravam o crescimento da extrema direita na França, Alemanha e diversos outros países da Europa. Além disso, que uma grande parcela da população muçulmana (mesmo os não radicais) não era contrária a ações violentas para defender a religião. E muitos dos não muçulmanos não eram contrários a retaliações violentas contras os muçulmanos.

 

Estas estatísticas vistas de forma estática não representavam grande temor, mas quando observava a evolução e a tendência futura, já era possível chegar a algumas conclusões nada agradáveis. Depois desse atentado vários outros fatos ocorreram no mundo e em especial na Europa que acentuaram ainda mais essa tendência. E quase dois anos depois podemos ver que o crescimento da direita na Europa pode ganhar um novo capítulo nas próximas eleições francesas.

 

http://oglobo.globo.com/mundo/franca-vive-guinada-direita-como-efeito-colateral-dos-atentados-20461658

 

O crescimento da Direita não vejo como problema, pelo contrário, meu posicionamento é claramente de Direita. Meu ponto é sobre o crescimento do radicalismo, seja ele de direita, esquerda, religioso, “progressista”, ... E que esse radicalismo saia do campo do debate nas redes sociais e se transforme em política de governo por correntes mais radicais, que estão em crescimento mundo afora.

 

Podemos elucubrar várias razões para esse crescimento do radicalismo. Mas vou mencionar apenas três aqui hoje, sendo que os dois primeiros pretendo explorar com profundidade em textos futuros. A primeira é o surgimento das redes sociais, com toda sua frivolidade e falta de profundidade; a segunda razão que enxergo é o movimento pendular do mundo, que estava tendendo para uma orientação que valoriza de forma extrema o politicamente correto, sem levar em conta as complexidades do mundo; terceiro, que pode se confundir com o primeiro, é o efeito cíclico da história.

 

Se pararmos para analisar rapidamente a história do início dos dois últimos séculos vemos grandes guerras lideradas por poderes totalitários. As razões para a formação destes poderes foram várias. Mas vemos hoje o ressurgimento do nacionalismo radical, tanto na Europa quanto nos Estados Unidos, e até mesmo no Brasil. Em cada lugar sua razão e sua consequência. E mesmo fatos que, como eu disse no início, não são efeito, serão usados como causa, para reforçar o discurso e o alinhamento nessa direção.

 

Espero muito estar errado. Afinal, em pleno século 21, não faz sentido resolvermos os problemas do mundo com guerra. Não é mesmo? Mas será que nossos avós e bisavós não pensavam o mesmo em 1910?

 

 

 

 

 

Paulo Gustavo Ganime

 

Moro sozinho e fora do Brasil há quase 5 anos, mesmo longe sempre estive muito ligado ao Brasil. Muitas vezes sentia vontade de conversar com alguém e expressar minha opinião sobre as notícias e acontecimentos, mas não tinha para quem. Comecei então a escrever minha opinião no Facebook. Conforme os fatos iam ganhando importância, meu envolvimento ia aumentando e meus textos crescendo. Muitas pessoas começaram então a me dizer que eu deveria escrever num blog. Não sou especialista em Economia, Política, Direito, … , em nenhum assunto que escreverei aqui. Tudo será apenas o meu olhar sobre o tema. Gosto de debater e aprender, entao, por favor, discordem de mim e tragam visões e informações diferentes.

 

Se quiserem saber mais sobre mim:

facebook.com/paulogganime

linkedin.com/in/paulo-gustavo-ganime

Please reload

 SIGA-NOS AQUI TAMBÉM 
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
 os mais RECENTes : 

August 6, 2018

August 3, 2018

July 18, 2018

July 11, 2018

Please reload

Please reload

Copyright © 1Olhar 2017- 2020

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon