Cantinhos de Leitura

29.11.2016

Um olhar...  num blog  sobre “Cantinhos de Leitura” e o meu lado leitora quase compulsiva quis logo experimentar cada um deles, mas o meu lado professora alfabetizadora (hoje aposentada) entrou no circuito e me trouxe a lembrança do “meu” cantinho que existiu antes mesmo de saber ler... era na cama dos meus pais, todos os dias antes de irmos dormir! Papai deitado entre meu irmão e eu, lendo, inventando e interpretando histórias! Depois dessa “sessão”, já no nosso quarto, uma pequena estante entre as nossas camas (me lembro de que era baixinha e que nós alcançávamos os nossos livros e gibis!), onde “líamos” um para o outro... E nessa pequena estante aonde os livros iam aumentando, também foram chegando Monteiro Lobato com seu fantástico “Sítio do Pica-Pau Amarelo”, Mark Twain, Júlio Verne, Lewis Carroll com seu incrível “Alice no País das Maravilhas” e muitos outros!!!

 

Então cresci e aos poucos fui tendo acesso a toda a biblioteca do meu pai! Como fiquei feliz ao descobrir que cada vez mais eu podia viajar sem sair de casa! Aí chegaram autores novos, de Machado de Assis a Jean Paul Sartre, dos clássicos aos mais populares, dos desconhecidos aos que faziam parte da lista dos best-sellers da época! Delícia!!!!

 

E papai sempre ali, conversando comigo, “sentindo” o que poderia me interessar a cada fase e de acordo com o que percebia ia me apresentando um novo livro e/ou um novo autor... E com isso ele também foi aumentando cada vez mais o meu gosto pela leitura, sem me impor nada, apenas com um olhar atento para que o ato de ler fosse sempre um prazer e não uma obrigação (as escolas nos “obrigavam” a ler naquela época, não sei como é hoje). Até que chegou o dia em que eu mesma escolhia o que queria sozinha: nem me lembro como e quando isso aconteceu, já que tudo foi feito de uma maneira muito natural! Hoje eu sei que foi por causa da atitude bem liberal do meu pai é que me tornei uma leitora totalmente eclética e leio um pouco de tudo: é claro que existem livros de que não gosto, mas o que vale mesmo é o prazer de ler e... até de não gostar!

 

Como vocês podem ver, cresci cercada por livros e até hoje os tenho em grande quantidade como os que me conhecem sabem e não me importo (e até gosto) de emprestá-los aos amigos que saibam cuidar deles com o mesmo carinho que eu... rsrsrs

 

Agora um segredinho que papai me ensinou para ajudar a minha memória que nunca foi das melhores: a cada livro que leio faço um pequeno resumo onde muitas vezes coloco também a minha opinião. Então é só isso que tenho para oferecer a vocês como contribuição para “1 OLHAR”: resumos de uma leiga que é maluca por livros!!! Filha de um homem que se definia “escritor por prazer e jornalista por sobrevivência”, irmã e tia de jornalistas e publicitário, não sei se o dom de escrever também está em mim, mas sei que o amor pela leitura existe e poder partilhar isso é sempre muito bom!

 

E agora que me apresentei... vou ler um pouquinho, num cantinho que chamo de meu!

Em tempo: meu pai era o escritor fluminense (Resende) Macedo Miranda (1920-1974).

Publicou 14 livros (1 de poesia, 3 de contos e 10 romances). Mais informações sobre ele no site da fundação casa da cultura Macedo Miranda.

 

Maria Cláudia de Macedo Miranda Marandino

 

 

 

Maria Cláudia de Macedo Miranda Marandino

 

Resendense de nascimento e carioca desde os meus três anos, sou professora (aposentada) especializada em alfabetização e pré-escolar. Amo ler pelo simples prazer de ler! Não sou especialista em literatura mas vou colaborar no 1 olhar com o resumo que faço de cada um dos muitos livros que leio na esperança de despertar o leitor que sei que vive dentro de cada um de nós: todos somos leitores, basta que o livro certo nos encontre!

Please reload

 SIGA-NOS AQUI TAMBÉM 
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
 os mais RECENTes : 

August 6, 2018

August 3, 2018

July 18, 2018

July 11, 2018

Please reload

Please reload

Copyright © 1Olhar 2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

O 1 Olhar é uma plataforma colaborativa com mais de 50 colunistas compartilhando o olhar, a opinião de pessoas normais sobre os acontecimentos que nos cercam.

Quer colaborar? Entre em contato