Alimentos contaminados

Você já ouviu falar de alimentos contaminados com micro-organismos, não é mesmo? E sobre alimentos contaminados com vírus, já?

Existem alguns vírus que são resistentes as diversidades ambientais, como exposição a luz U.V., umidade, pH, temperatura, sendo agentes viáveis a possível contaminação por longos períodos. E esses vírus podem estar presentes na água que irriga ou lava os alimentos, nas superfícies onde o alimento é preparado, na mão de quem os prepara. Dessa maneira, o alimento pode ser contaminado com vírus nas diferentes etapas de produção e preparo.

Mas que vírus são esses? São vírus gastrentéricos, que são transmitidos pela via fecal-oral e causam náusea, vômito e diarreia. Esses vírus são um dos grupos de micro-organismos causadores das DTAs (doenças transmitidas ou veiculadas por alimentos), de acordo com a Anvisa.

O indivíduo infectado apresenta os sintomas por um curto período (2-10 dias), mas continua eliminando o vírus pelas fezes por mais de trinta dias. Esse é o grande problema de quem trabalha no manuseio e/ou preparo de alimentos, pois retorna ao trabalho quando desaparecem os sintomas, mas continua eliminando e tendo contato com o vírus.

Os alimentos que possuem maior probabilidade de contaminação são aqueles consumidos frescos, crus ou mal cozidos, ou que tenham muita manipulação durante o preparo e oferta ao consumidor. Com essas características temos as frutas, as verduras, os moluscos bivalves, os sanduíches, os queijos e os embutidos.

A principal forma de evitar a contaminação é a lavagem correta das mãos e das superfícies que entram em contato durante o preparo do alimento, assim como a lavagem adequada de frutas e verduras.

1 olhar, fabiana

Fabiana Gil Melgaço

Formada em biologia pela UENF, especialista em Ciência dos Alimentos e mestre em Ciências Médicas pela UFF, Doutora em Ciências pela Fundação Oswaldo Cruz e professora efetiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro.

Foto da Fabiana tirada por Letícia Pereira Fotografia.