OS CÃES NUNCA DEIXAM DE AMAR de TERESA J. RHYNE

17.12.2016

Levando em conta essa mini-biografia da autora que está numa das orelhas do livro e que coloquei em destaque logo abaixo confesso que antes de escrever esse resumo fiquei me perguntando como dizer que gostei desse livro sem parecer ser uma pessoa sádica e/ou mórbida já que o câncer é uma doença que muito nos assusta (com razão) e também porque perdi meu pai e um irmão para ele.

“Teresa J. Rhine é defensora dos animais e sobrevivente do câncer de mama. Onze meses depois de abrir seu próprio escritório de advocacia, ela foi diagnosticada com câncer de mama triplo negativo. Em 28 de janeiro de 2009, Teresa passou por uma mastectomia, seguida de sessões de quimioterapia e de radiação. A advogada mora em Los Angeles com seu namorado, Chris, em uma casa completamente controlada por seu beagle, Seamus (o famoso).”

 

Mas vou tentar, já que esse é um livro de memórias escrito de uma maneira acelerada, corajosa,  honesta e muitas vezes até com certo humor mordaz. E se a autora conseguiu escrever sua história... eu vou conseguir fazer um pequeno resumo dela sem parecer ser uma sádica-mórbida- desalmada! Então vamos lá:

 

Em primeiro lugar quero dizer que gosto mais do titulo do livro em inglês, “The Dog Lived (and so will I)”, que nos prepara melhor para o que vamos encontrar na história dessa corajosa advogada, seu encantador cão controlador e um diagnóstico que ninguém quer ouvir... e ela ouve duas vezes!!!!

 

A história começa quando depois de dois divórcios Teresa Rhyne está tentando reestruturar a sua vida junto a um novo namorado numa relação tumultuada e resolve adotar Seamus, um beagle totalmente incorrigível e bastante engraçado, que depois de um tempo os veterinários atestam que tem um tumor maligno e menos de um ano de vida. Um péssimo diagnóstico, com poucas esperanças, mas ela decide lutar e aprender tudo que está ao seu alcance sobre o melhor tratamento para Seamus. Depois de uma cirurgia e de um tratamento de quimioterapia cheio de altos e baixos, finalmente seu beagle é considerado curado. Meses depois Teresa ouve novamente o diagnóstico de um câncer muito agressivo, dessa vez na sua mama. E aí começa a outra luta, dessa vez pela sua própria sobrevivência, batalhando contra uma doença mortal e abrindo seu coração para um relacionamento que parecia fadado ao fracasso, usando sempre o mantra: “o cachorro sobreviveu, eu também sobreviverei”. E aqui tudo é narrado com medo mas sem perder a coragem, a sério mas de uma maneira muitas vezes com um humor mordaz, triste mas com esperança... E finalmente Teresa também vence a doença! Ela aprendeu com Seamus o verdadeiro significado da palavra amor, apesar de dizer que ele jamais foi aquele cãozinho que fica triste com você, que se aconchega a seus pés quando percebe o “clima” que se instalou na casa: ao contrário, é a sua insubordinação, o seu jeito estabanado de mandar que alegra o ambiente e a faz lutar com a certeza de que se ele conseguiu...ela também conseguirá!

 

Talvez a força do livro esteja na maneira acelerada como é escrito, intercalando situações das mais sérias com as mais hilárias do desajustado Seamus e nunca mostrando desanimo por parte da autora (o que Imagino que pode ter acontecido). E principalmente com uma dose de humor na medida certa (acho que aí é que mora o que mais me atraiu nessa leitura). Eu confesso que gostei muito desse livro: até ameacei ficar triste em alguns momentos, mas depois ri de pura alegria!!!

 

 

 

Maria Cláudia de Macedo Miranda Marandino

 

Resendense de nascimento e carioca desde os meus três anos, sou professora (aposentada) especializada em alfabetização e pré-escolar. Amo ler pelo simples prazer de ler! Não sou especialista em literatura mas vou colaborar no 1 olhar com o resumo que faço de cada um dos muitos livros que leio na esperança de despertar o leitor que sei que vive dentro de cada um de nós: todos somos leitores, basta que o livro certo nos encontre!

Please reload

 SIGA-NOS AQUI TAMBÉM 
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
 os mais RECENTes : 

August 6, 2018

August 3, 2018

July 18, 2018

July 11, 2018

Please reload

Please reload

Copyright © 1Olhar 2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

O 1 Olhar é uma plataforma colaborativa com mais de 50 colunistas compartilhando o olhar, a opinião de pessoas normais sobre os acontecimentos que nos cercam.

Quer colaborar? Entre em contato