Tranformando vidas através do Xadrez

StartFragment

Durante esses quase 30 anos trabalhando com Xadrez, o que mais gosto de fazer é jogar. O combate no tabuleiro, o olho no olho, a discussão não verbal entre os adversários sobre as estratégias que serão usadas na batalha, um mesmo exército, um único campo de batalha onde nunca se joga a mesma partida duas vezes, enfim, a dinâmica do Xadrez é uma das coisas que faz com que a pessoa que aprende e quer jogar nunca mais pare. Incrível a quantidade de ex-alunos que me encontram e falam: Ainda jogo, ensinei meu primo, etc... é realmente gratificante.

Dar aulas é outra coisa que me agrada, mas gosto ainda mais quando são em projetos sociais. Aprendi Xadrez em um projeto social, acredito nisso, então, quando tenho a oportunidade de trabalhar com Xadrez em comunidades eu vibro.