Viva os seus sonhos através da autogestão!

07.03.2017

 

Viver a sua vida e não o sonho alheio requer coragem.

 

Seus anseios são somente seus. O dos outros só importa se o motivo que move a sua alma for tocado.

 

Há a questão da permuta, mas todos nós sabemos que um relacionamento saudável é uma via de duas mãos. Lá e cá! 

 

Permuta na era das máquinas é algo muito mais subserviente do que em suas origens, quando os grupos viviam do escambo de produtos.

 

Mesmo que os dois lados necessitem um do outro, sempre existirá uma das partes, a mais poderosa, que se valerá de algum status imbecil para manipular a relação.

 

E se nada der certo, o que você pode perder?

 

Da injustiça se fazem as trocas malfeitas.

 

"Um verdadeiro artista não é aquele que é inspirado, mas que inspira os

outros." Salvador Dalí

 

Uma boa dica para refletir acerca do assunto é o filme "La Cecília":

 

Vida doméstica

 

Este lar me ensina como ser doméstica

E o ato de domesticar já se encontra por si só

Dentro de casa dou vida ao que me pertence

E não a vida que pertencemos

A que não podemos escolher

Encostada no fogão como o cão que abana o rabo

Sou puro gesto de afeição

Me atiro no sofá como o gato que pensa ser independente

Mesmo com toda sua mirada hipnótica na cama

Que aos olhos dos que não se entregam nada quer dizer

Me enrolo no lençol como a coelha que copula

E foge das garras desta domesticação

Mas que neste lar

Morre pela vil sobrevivência

 

Vida doméstica

Este hogar me enseña como ser doméstica

Y el acto de domesticar se hace solo

Adentro de la casa doy vida al que me pertenece

No a la vida que pertenecemos

A la que no podemos elegir

Acostada en la cocina como el perro que acomoda el rabo

Demuestro puros gestos de afección

Me tiro al sillón como el gato que piensa en ser independiente

A pesar de toda su mirada hipnótica en la cama

Que desde los ojos de los que no se entregan nada dice

Me envuelvo en la frazada como la coneja que copula

Y huye de las garras del domesticador

Pero que en este hogar

Muere por la vil supervivencia

LEIA TAMBÉM

Outros artigos:

 

- Tolerância, reflexão e questionamento em tempos politicamente corretos por Yedda Macdonald

 

- Nós mulheres: as grandes Deusas por Sol Medeiros

 

- O radicalismo num mundo binário por Paulo Gustavo Ganime

 

- O Brasil precisa de um arrastão moral por Suely Rosset

 

- Análise do livro "O Amante Japonês" de Isabel Allende recomendado por Maria Claudia

 

 

Susana Savedra

 

É poeta, arte educadora, atriz, modelo vivo e estudante de letras. Integra duas coletâneas, "Lar" e "Baseado na estrada". Para conhecer melhor seu trabalho acesse sua página no Facebook e seus blogs:

Facebook: CurtaPoesiaVidaLonga

www.joaninhasusana.zip.net

www.cafeconpochoclos.blogspot.com.br

 

Please reload

 SIGA-NOS AQUI TAMBÉM 
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
 os mais RECENTes : 

August 6, 2018

August 3, 2018

July 18, 2018

July 11, 2018

Please reload

Please reload

Copyright © 1Olhar 2017- 2020

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon