As garotas são as empregadas da sociedade (e há as empregadas desafiadoras)


Você me olha com esse ar de superioridade, mas não resiste a minha inferioridade. Se estou tão abaixo assim de você... Por que perder seu tempo me secando desse jeito?

O decote do meu sutiã(você nem imagina) prende quem eu quiser! E você critica a sociedade com a sua intelectualidade, mas não convence o meu coração. Você não passa de um menino querendo passar sermão. E está perdendo sua juventude (você nem imagina). Com essa capa de urubu à margem da sociedade... que somente eu sei tirar (você nem imagina).

Eu te prendo, e se for esperto, você não conhece essa felina que sabe

machucar...

Porque eu sou a mulher com unhas de purpurina! Que sai com seus amigos e procura interesses solitários. Eles menos ainda me interessam. E por favor, não me venha com desculpas mal amadas. Isso representa também a sociedade que critica.

Você não sai dessa lama. Essa juventude perolada que deseja desestruturar faz acabar consigo mesmo. Um rapaz de verdade é lixo na certa.

Você quer ser um sapo príncipe, mas vive sem copular como queria. Escolhe demais e fica com quem não queria. Somente porque deseja não querer desejar. Acha que afronta o que lhe é belo e sofre com seus amigos.

Continue acreditando que meu sorriso é sedução (você nem imagina). Mas eu rezo para Jesus Cristo (você nem imagina). Eu canto o que você não ousou cantar (você nem imagina). Eu conto o que você não ousou contar (você nem imagina). Se você deseja ser linear, continue com seus romances ocultos, ninguém deseja o que não está extinto. Iguais a você Leila Diniz conheceu, Joana Darc afrontou e Janis Joplin vomitou.

Pensa que assumir compromisso dá paixão? Compromisso se assume todos os dias sem nenhuma vocação.

E por mais que lhe incomode, minha saia será sempre curta, meu vestido apertado e meu batom berrante.

Se almeja sentir-se bem, não me queira somente na cama. A cama é sagrada, porque muitos não têm aonde dormir, além disso, é da onde vem a maioria dos bebês.

E as merdas que você faz já viraram marketing para o mundo.

LEIA TAMBÉM

Outros artigos:

- Tolerância, reflexão e questionamento em tempos politicamente corretos por Yedda Macdonald

- Nós mulheres: as grandes Deusas por Sol Medeiros

- O radicalismo num mundo binário por Paulo Gustavo Ganime

- O Brasil precisa de um arrastão moral por Suely Rosset

- Análise do livro "O Amante Japonês" de Isabel Allende recomendado por Maria Claudia

Susana Savedra

É poeta, arte educadora, atriz, modelo vivo e estudante de letras. Integra duas coletâneas, "Lar" e "Baseado na estrada". Para conhecer melhor seu trabalho acesse sua página no Facebook e seus blogs:

Facebook: CurtaPoesiaVidaLonga

www.joaninhasusana.zip.net

www.cafeconpochoclos.blogspot.com.br

 SIGA-NOS AQUI TAMBÉM 
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
 os mais RECENTes :