Terminar para Iniciar ou Iniciando no Fim

11.08.2017

 

Li há algum tempo, em algum lugar, uma frase que dizia algo assim: “quando resistir e persistir e quando parar e desistir?”

 

Esta é a pergunta feita por muitos de nós conscientemente ou não. Permaneço no meu trabalho para garantir o certo ou me jogo na tentativa de lutar pelo que acredito me fará feliz – porém duvidoso?
 

Estou lutando por esta vaga há tanto tempo, permaneço por acreditar que falta pouco ou é hora de parar e desistir com uma visão mais ampla e perspicaz do mundo que se apresenta para mim – porém desconhecido?

 

Meus anseios e comportamentos são próprios de minha idade ou é a insatisfação do momento querendo me mover? E quais são os anseios corretos de minha idade? Chegou o tempo de parar? Posso começar?

 

Em meio à organizAÇÃO de minha casa, minhas roupas, meus documentos, revejo toda minha história. Deparo-me com toda uma estrada caminhada com alegria, lágrimas, derrotas, vitórias, história minha! Jogarei fora? É tudo tralha? O que é tralha afinal? Como ousa chamar meus pertences e história de tralha? Bem, foi o que me perguntei ao ouvir tanto esta palavra. T-R- A-L- H-A. rs

 

 

Tralha, de forma rápida e sucinta, é tudo aquilo que está parado, sem uso. São também produtos quebrados dos quais não conseguimos nos desfazer pensando em um dia consertar. Materiais de valor sentimental sem utilidade ocupando espaços preciosos. Ou mesmo coleções guardadas escondidas empoeiradas (se quero coleção, devo mostrá-la. Sou da geração que viu o início dos cartões para telefone público; antes eram as famosas fichas – caiu a ficha? Rs – e, como muitos, também fiz minha coleção, tão bem guardada e sem significado para os outros, mas com significado memorável para mim. Virou tralha, não quero expô-la, não tem mais o valor emocional que teve um dia. Fica a história, ficam as lembranças, os momentos gostosos de uma juventude se admirando com este mundo novo tecnológico que se aproximava de nós. Ocupa espaço? Não vou expor? Então é tralha)

 

Dúvidas persistem, tenho mesmo que escolher? Percebi que eu mesma, hoje Personal Organizer, precisei terminar, encerrar alguns ciclos, para livremente iniciar outro, ou mesmo enxergar o fim. O tempo acabou. Terminar para Iniciar ou Iniciar do Fim. Se assim eu não fizesse, ficaria estagnada no meio do caminho com as tralhas e suas consequências mais comuns, citados por minha mentora Priscila:


1. “Faz você se sentir cansado;
2. Prende você no passado;
3. Causa depressão;
4. Causa procrastinação;
5. Afeta sua imagem;
6. Faz você engordar;
7. ADIA SEUS PROJETOS PESSOAIS (Grifo meu);
8. Faz você ficar doente ...”

 

 

Acompanhe 1 Olhar organizAÇÃO e venha conosco perceber que “cada casa É uma casa” e você sentirá a transformação na casa mais importante – VOCÊ e pra você – SUA CASA.

 

Lilia Torrão
Personal Organizer

personaliliorganizer@gmail.com

 

 

 

Please reload

 SIGA-NOS AQUI TAMBÉM 
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
 os mais RECENTes : 

August 6, 2018

August 3, 2018

July 18, 2018

July 11, 2018

Please reload

Please reload

Copyright © 1Olhar 2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

O 1 Olhar é uma plataforma colaborativa com mais de 50 colunistas compartilhando o olhar, a opinião de pessoas normais sobre os acontecimentos que nos cercam.

Quer colaborar? Entre em contato