Resenha do livro O PERFUME DA FOLHA DE CHÁ – DINAH JEFFERIES

25.11.2017

 

 

Nesse livro vamos conhecer a história de Gwendolyn, uma jovem britânica que deixou seu país para se encontrar com o marido no Ceilão (atual Sri Lanka) do outro lado do mundo. Seu marido, Laurence Hooper, é proprietário de uma das fazendas de chá da região. Recém-casada, apaixonada e cheia de expectativa para a vida a dois, Gwen não contava com o que encontrou ao chegar a sua nova casa: não somente um clima com o qual não está acostumada, mas também empregados de comportamento estranho, contas administrativas da casa que não fazem sentido e um marido obviamente mantendo segredos, bem diferente daquele com o qual se casou lá na Inglaterra depois de um breve namoro. Apesar de tudo, Gwen tenta se habituar ao local, mas quando descobre que está grávida acha que tudo pode mudar e aguarda feliz pela hora do parto. Mas ao dar à luz, algo totalmente inesperado se revela e agora quem terá que tomar uma decisão terrível e guardar segredos é ela, ou sua família recém-construída estaria acabada...

 

 

Ambientado totalmente no Ceilão, o livro tem início no ano de 1913 e discorre até mais ou menos meados de 1934, é narrado na terceira pessoa e a escrita da autora é fluída e tranquila, muito fácil (e bom) de ler. Vamos acompanhar a história apenas a partir do ponto de vista de Gwen, a principal personagem, que é o tipo da protagonista que me deixou com sentimentos conflitantes o tempo todo: enquanto sofria com a escolha terrível que ela fez, confesso que também fiquei bastante irritada quando via que ela não conseguia se mostrar mais forte frente às decisões que deveria tomar na mansão de onde agora era a senhora, se deixando muitas vezes envolver principalmente por uma cunhada infantil, manipuladora e prepotente, e às vezes por um capataz arrogante, bronco e mandão. Laurence, seu marido, é um personagem intrigante apesar de afetuoso, demonstrando guardar segredos sombrios do passado e se recusando a conversar sobre certos assuntos, tratava muito bem a esposa em certos momentos e em outros se mostrava um tanto distante... complicado, bastante complicado.

 

O livro ainda vai nos trazer alguns acontecimentos da época de quando o Ceilão estava vivendo alguns conflitos como o de cingaleses x tâmis, e, apesar do assunto não ser muito detalhado, é o suficiente para que possamos entender algumas passagens mais tensas que aconteceram durante a narrativa. O ponto central mesmo foi a vida do casal e todos os segredos envolvidos, com um desfecho surpreendente, que nos mostra como os preconceitos, os segredos, a falta de diálogo e de confiança principalmente entre casais podem muitas vezes levar a situações terríveis!

 

De forma simples, direta e intrigante, a autora consegue nos levar por um caminho para, no fim, a gente descobrir que estivemos erradas o tempo todo, nada é o que pensamos ser... Não posso falar mais nada, qualquer palavra mal colocada poderá me levar a dar um spoiler e aí toda essa história dramática e misteriosa, que também se mostra bastante romântica em vários momentos, vai para o espaço!

 

O que o livro nos mostra mesmo é como quantas situações terríveis o ser humano pode evitar apenas sendo sincero, principalmente com seu cônjuge... Quando o segredo de Laurence foi revelado é que eu entendi bem a profundidade disso e cheguei a conclusão que o principal problema do casal sempre foi a falta de comunicação, tudo o que aconteceu foi porque não houve diálogo, ou melhor, houve pouco diálogo, o amor sempre esteve ali, ele nunca faltou ou foi insuficiente...

 

Eu não esperava muito desse livro, comprei pela Internet meio que levada por um impulso, então foi uma surpresa muito boa essa história bem fundamentada, a forma leve e objetiva da autora desenvolver o enredo nos levando por um caminho e no final nos apresentando um desfecho surpreendente e perfeitamente factível! Surpresa boa... gosto disso quando leio um livro!

 


 

LEIA MAIS 

 Outros livros recomendados:

 

-  Análise do livro NINFEIAS NEGRAS de Michel Bussi por Maria Claudia

-  Crítica do livro Um Mais Um de Jojo Moyes por Maria Claudia

-  Os Cães nunca deixam de amar de Teresa J. Rhyne recomendado por Maria Claudia

-  O Tempo entre Costuras de María Dueñas  recomendado por Maria Claudia

-  Destino La Templanza de María Dueñas recomendado por Maria Claudia

-  A Maleta da Sra. Sinclair de Louise Walters  recomendado por Maria Claudia

-  A Lógica do Cisne Negro de Nassim Nicholas Taleb recomendado por Paulo Gustavo Ganime

- A livraria dos finais felizes de Katarina Bivald recomendado por Maria Claudia

- O Amante Japonês de Isabel Allende recomendado por Maria Claudia

 

Maria Cláudia de Macedo Miranda Marandino

 

Resendense de nascimento e carioca desde os meus três anos, sou professora (aposentada) especializada em alfabetização e pré-escolar. Amo ler pelo simples prazer de ler! Não sou especialista em literatura mas vou colaborar no 1 olhar com o resumo que faço de cada um dos muitos livros que leio na esperança de despertar o leitor que sei que vive dentro de cada um de nós: todos somos leitores, basta que o livro certo nos encontre!

Please reload

 SIGA-NOS AQUI TAMBÉM 
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
 os mais RECENTes : 

August 6, 2018

August 3, 2018

July 18, 2018

July 11, 2018

Please reload

Please reload

Copyright © 1Olhar 2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

O 1 Olhar é uma plataforma colaborativa com mais de 50 colunistas compartilhando o olhar, a opinião de pessoas normais sobre os acontecimentos que nos cercam.

Quer colaborar? Entre em contato