Clausura


foto operacao centro presente

Não saio mais a noite, não posso, me impediram, há tempos me vejo na clausura da selva de pedra sem lei, ou melhor, com leis inócuas, há tempos me vejo sem liberdade, justificada na ideia falaciosa de que a desigualdade social provoca o caos da violência urbana no país, esses formadores de opinião nos prenderam, com suas falas cheias de certezas e nenhuma experiência tácita, conseguiram atingir minha liberdade, comemoram em seus laboratórios humanistas a minha e a sua prisão dentro de nossas residências.

Somos vítimas injustamente presas numa paranóia esquizofrênica que é o sistema jurídico penal brasileiro, que se sensibiliza com rebeliões de forma contundente, e com grávidas baleadas de forma muito amen