Resenha do LIVRO AS GÊMEAS DE GELO – S. K. TREMAYNE

30.06.2018

AS GÊMEAS DE GELO – S. K. TREMAYNE

 

Basicamente a história que esse livro nos conta é sobre o mistério que envolve a família Moorcroft destruída por uma tragédia: tudo começa quando o casal Angus e Sarah precisar se mudar para uma pequena ilha escocesa que ele herdou da avó, um ano depois de Lydia, uma de suas filhas gêmeas idênticas, morrer em um acidente mal explicado.


Depois de um ano do acidente, a família começa a passar por dificuldades financeiras, Angus perde o emprego e recebe uma herança que é exatamente a tal ilha escocesa praticamente deserta e totalmente isolada, com uma casa caindo aos pedaços, mas que poderia ser a solução para a família, já que mudar talvez fosse a melhor opção: rotinas diferentes, novos amigos e novos ares provavelmente ajudariam bastante para que todos os três encontrassem o equilíbrio que agora já não existia mais. Então, na tentativa de  restaurar o pouco do que restava da vida familiar, Angus resolve levar a esposa e a filha para viverem na ilha que herdou da avó, um local onde foi feliz e passou dias maravilhosos tempos atrás...lá a vista é linda, o lugar é calmo e, apesar da precariedade e isolamento da casa, ele acredita que ali poderá ser realmente o lugar ideal para começar de novo e enterrar de vez o passado.


A verdade é que como se não bastasse a enorme tragédia, as coisas pioraram muito quando Kirstie, a filha que sobreviveu, começou a apresentar um estranho comportamento, afirmando que quem morreu não foi a Lydia, diz que ELA É A LYDIA, e que quem morreu foi a Kirstie. Um pouco antes da mudança, Kirstie diz para Sara que ela é a Lydia, a mãe fica desesperada e apavorada com tal afirmação, não conseguindo sequer imaginar que possa ter confundido as filhas, mas decide não revelar nada para ninguém até que pudesse desvendar todo esse mistério. O fato é que não vai ser fácil, não existem muitos meios científicos para isso, e tudo vai mexer mais ainda com o seu emocional que, compreensivelmente, já não anda muito bom. E a família se muda para a Escócia com ela levando na sua triste bagagem o segredo da filha...


No entanto, Sarah começa a notar alterações nas atitudes de Kirstie, seu comportamento piora a cada dia, ela não consegue começar novas amizades na escola que passa a frequentar depois da mudança, as outras crianças zombam dela e lhe resta apenas a irmã morta para lhe fazer companhia e brincar, tudo vai ficando bastante sinistro nessa história. Tentando descobrir como salvar sua menina, Sarah começa a pesquisar o passado, lembrando que apesar de serem idênticas na aparência, o comportamento delas era diferente: Kirstie era mais agitada e Lydia mais calma, tinham diferentes amigos na escola e cada uma era melhor em uma matéria do que em outra. Mas com o acidente, todos acharam normal que Kirstie se isolasse e ficasse mais fechada no seu mundinho particular com um comportamento diferente do habitual, muitas vezes mais parecido com o da irmã, afinal ela tinha perdido a pessoa que mais a entendia, entre elas existia uma ligação única e as duas eram inseparáveis.

 
O livro é cheio de suspense e reviravoltas, toda hora eu me perguntava o que de fato estava acontecendo com Sarah, Angus e Kirstie/Lydia... E o fato de ter uma criança numa trama que tem até traços de sobrenatural, criava um clima tão intenso que acabava me fazendo pensar em uma série de teorias mirabolantes sobre o que teria acontecido com as irmãs no dia do acidente, comecei a desconfiar até da gêmea sobrevivente, afinal tudo nessa história estava girando em torno das duas meninas de uma maneira cheia de lacunas.


Os pais viviam uma vida cheia de mistérios: Sarah perturbada por uma dúvida assustadora que não podia dividir com ninguém, tinha comportamentos, até de certo modo, questionáveis. Angus parecia estar sempre alheio ao que acontecia a seu redor, passava a imagem de um homem muito misterioso e com alguns segredos. Como ela não dividia com ele suas dúvidas, ele também não revelava para a mulher tudo o que sabia e, quando se mudaram para a ilha, seus pensamentos (e atos) ficaram cada vez mais estranhos.
 

Vou finalizar por aqui, não gosto muito de escrever sobre enredos que envolvam suspense, o risco de dar spoiler sem querer aumenta a cada frase... Então vamos lá: gostei do livro, a trama é muito boa, mas talvez o desfecho do livro possa não agradar a todos já que algumas questões ficaram sem respostas, mas o principal, o acidente que envolve as duas meninas, é revelado e é até bem surpreendente. Acho que posso afirmar sem medo de errar que o suspense e o mistério desse livro são fortes o suficiente para manter a tensão e a adrenalina, o autor soube sempre manter um gancho entre os capítulos, e com isso deixando que o mistério ficasse sempre me instigando a querer saber o que mais aconteceria nesse enredo perturbador e com toques de terror, fiquei o tempo todo ansiosa para descobrir a verdade, o que me fez praticamente devorar o livro em poucos dias, apesar de que no início a história fosse até um pouco lenta, não dando para prever que se tornaria esse thriller surpreendente..

 

#LERÉSEMPREMUITOBOM!

#LERÉTUDODEBOM!!!

 

 

 

 

LEIA MAIS    

Outros livros recomendados:

 

-  Análise do livro NINFEIAS NEGRAS de Michel Bussi por Maria Claudia

-  Crítica do livro Um Mais Um de Jojo Moyes por Maria Claudia

-  Os Cães nunca deixam de amar de Teresa J. Rhyne recomendado por Maria Claudia

-  O Tempo entre Costuras de María Dueñas  recomendado por Maria Claudia

-  Destino La Templanza de María Dueñas recomendado por Maria Claudia

-  A Maleta da Sra. Sinclair de Louise Walters  recomendado por Maria Claudia

-  A Lógica do Cisne Negro de Nassim Nicholas Taleb recomendado por Paulo Gustavo Ganime

- A livraria dos finais felizes de Katarina Bivald recomendado por Maria Claudia

- O Amante Japonês de Isabel Allende recomendado por Maria Claudia

 

Maria Cláudia de Macedo Miranda Marandino

 

Resendense de nascimento e carioca desde os meus três anos, sou professora (aposentada) especializada em alfabetização e pré-escolar. Amo ler pelo simples prazer de ler! Não sou especialista em literatura mas vou colaborar no 1 olhar com o resumo que faço de cada um dos muitos livros que leio na esperança de despertar o leitor que sei que vive dentro de cada um de nós: todos somos leitores, basta que o livro certo nos encontre!

Please reload

 SIGA-NOS AQUI TAMBÉM 
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
 os mais RECENTes : 

August 6, 2018

August 3, 2018

July 18, 2018

July 11, 2018

Please reload

Please reload

Copyright © 1Olhar 2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

O 1 Olhar é uma plataforma colaborativa com mais de 50 colunistas compartilhando o olhar, a opinião de pessoas normais sobre os acontecimentos que nos cercam.

Quer colaborar? Entre em contato