Princesas Sem Coroa


Princesas são sim,

Mas não têm coroa

Acordam bem cedo

Enfrentam a garoa

Sem terem auxílio

Nem pai, nem marido

Em casa, seus filhos

Esperando o pão

Todo mês a pressão

As compras, as contas

O aluguel, o patrão

Se o filho adoece

Ela é descontada

Ou até o pior:

Fica desempregada

Princesas também

As donas de casa

Que não têm horário

Nem folga ou férias

Nem menos salário

Café pro marido

Merenda pros filhos

É a casa, as roupas

Ser mãe, ser esposa

Ser de tudo um pouco

Profissão escrava

Desvalorizada

Ao ficar doente

E cair de cama

É quando é notada

Dotada do título

É a que mora em palácios

De sangue real

Muitos empregados

Mas nunca se esqueça

Que cada mulher

Da lida ou do lar

Também são princesas

Chinelo de dedo

Cheiro de tempero

Cama e mesa

Lojas, escritórios

Escolas, consultórios

Nobres pessoas

Mesmo sem coroas.

Claudia Lundgren

LEIA TAMBÉM

Outros artigos:

- Os cães nunca deixam de amar por Teresa J. Rhyne recomendado por Maria Claudia

- Deus está sorrindo por Susana Savedra

-Individualismo, individualidade e individuação – diferenças que fazem toda a diferença por Yedda Macdonald

Claudia Lundgren

45 anos, mora na cidade de Teresópolis, é Pedagoga, trabalha há 11 como Educadora Infantil, e cursa Pós Graduação em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira.

 SIGA-NOS AQUI TAMBÉM 
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
 os mais RECENTes : 

Copyright © 1Olhar 2017- 2020

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon