Resenha do LIVRO O SEGREDO DE HELENA – LUCINDA RILEY

04.08.2018

 

O SEGREDO DE HELENA – LUCINDA RILEY


Quem me conhece sabe que sou muito fã de Lucinda Riley com suas histórias repletas de segredos e escritas de uma maneira que nos remete ao passado e sempre o unindo ao presente: esse vai e vem me encanta, principalmente por permitir que eu literalmente viaje por diversos tempos e lugares. Porém dessa vez temos um livro um pouco diferente, mais linear, sem muito dessa mistura de capítulos no passado e no presente, as coisas vão acontecendo de uma maneira um pouco diferente. A narrativa será conduzida por fatos que nos levarão a um passado não tão distante, mas que estarão presentes nos acontecimentos atuais e que precisam ser resolvidos. Porém vamos continuar a ter os segredos, como o próprio título do livro já diz, até porque a existência deles é uma das maiores marcas registradas da autora e é claro que não poderiam ficar de fora. O livro nos é apresentado com uma troca de personagens entre os capítulos, alguns são narrados a partir da visão de Helena e outros de seu filho de 13 anos, Alex.
Resumidamente teremos aqui uma história onde a protagonista Helena parte junto com a família para uma casa chamada Pandora, no Chipre, que herdou de seu padrinho, para umas férias que prometem ser decisivas, porque ela sabe que a volta àquele lugar pode trazer à tona segredos que preferia esconder para sempre.


O livro começa com Alex, o filho mais velho de Helena, um homem de 23 anos retornando a Pandora dez anos depois daquelas férias. A história volta então para esse tempo, mas teremos outro passado misturado nisso, ou seja, o de 24 anos atrás, quando Helena, com 15 anos também foi passar uma temporada de verão inesquecível naquele lugar paradisíaco. Enfim, o mesmo lugar, Pandora, será o palco do presente, de dez anos e de vinte e quatro anos atrás desse enredo original e cheio de segredos, mas sem aquele vai e vem tão caraterístico da autora, as coisas acontecerão de uma maneira mais direta dessa vez.


O que temos é um livro que gira em torno de Alex que é criado pelo padrasto, Willian, desde os três anos e do segredo de sua mãe, que ao que tudo indica, é sobre seu pai biológico. Helena nunca falou para ninguém, nem para o marido nem para a melhor amiga, sobre a identidade do pai de seu filho. Só que o Alex adolescente começa a questionar bastante esse “assunto secreto”, digamos assim.
Quando a narrativa é feita por Alex, os capítulos são como diários dele adolescente durante as famosas férias, onde coloca as suas inseguranças e suas opiniões sobre tudo que está acontecendo com sua família e ao seu redor, fala do desagrado com sua aparência – baixinho e gordinho -, relata com aquela dramaticidade típica dos adolescentes a descoberta do primeiro amor por uma jovem que não dá a mínima para ele, e comenta sobre suas dúvidas de não saber quem é o seu verdadeiro pai. Amei esses capítulos porque Alex é muito inteligente e sarcástico, sua visão e opinião de alguns fatos são verdadeiras pérolas de humor e ironia, dá apelidos hilários para alguns personagens, e tudo é regado com sua inteligência fora de série, muito acima do normal. Confesso que dei tão boas risadas durante a narrativa de Alex, que até esquecia de tentar descobrir o segredo de Helena!


Na verdade, vamos ver que o que era para ser só umas simples férias, muda completamente com o aparecimento de vários visitantes inesperados e, principalmente, quando logo no início Helena reencontra o seu primeiro amor, Alexis. O grande segredo que guardou durantes anos começa a correr um enorme risco de ser revelado, colocando em jogo todas as suas conquistas e até mesmo o seu casamento com Willian.
Acredito que o grande barato desse livro é justamente ir desvendando quem é Helena. Logo que comecei a ler achei o enredo óbvio demais, acredito até que levada pela sinopse e pelo que estava na parte inicial do livro que mostrava uma trama já definida onde era aparentemente muito fácil perceber para onde tudo caminhava. Mas é claro que a autora, essa espetacular contadora de histórias, conseguiu transformar aos poucos essa minha opinião ao ir dando as informações para que conhecesse quem de verdade é Helena e fui sentindo que nem tudo era o que parecia ser... No começo da história vamos saber muito pouco sobre Helena, apenas que é uma mulher forte e com uma certa tristeza que às vezes transparecia no olhar e o seu segredo gerando uma grande ansiedade. O pai de Alex será revelado quase no final da narrativa e só aí tudo será explicado e fará sentido!
Enfim, é uma trama com os fatos muito bem amarrados e que ainda nos deixará até o fim sem sabermos qual será a reação de Alex e de Willian ao segredo que Helena guardou por tanto tempo...


Li em outras resenhas que esse não é o melhor livro da autora. Pessoalmente acredito que o grau de expectativa que gera o lançamento de qualquer livro dela pode levar eventualmente a alguma decepção... Na minha opinião Lucinda Riley é sempre uma grande opção de uma boa leitura e só conhecendo os livros dela dá para entender o que quero dizer com isso...


#mêsquetemlucindarileyésempreproveitoso      

#lerémuitobom

#lerédiversão

#leréinformação

#lerébomdemais

#LERÉTUDODEBOM!!!

 

 

 

 

LEIA MAIS    

Outros livros recomendados:

 

-  Análise do livro NINFEIAS NEGRAS de Michel Bussi por Maria Claudia

-  Crítica do livro Um Mais Um de Jojo Moyes por Maria Claudia

-  Os Cães nunca deixam de amar de Teresa J. Rhyne recomendado por Maria Claudia

-  O Tempo entre Costuras de María Dueñas  recomendado por Maria Claudia

-  Destino La Templanza de María Dueñas recomendado por Maria Claudia

-  A Maleta da Sra. Sinclair de Louise Walters  recomendado por Maria Claudia

-  A Lógica do Cisne Negro de Nassim Nicholas Taleb recomendado por Paulo Gustavo Ganime

- A livraria dos finais felizes de Katarina Bivald recomendado por Maria Claudia

- O Amante Japonês de Isabel Allende recomendado por Maria Claudia

 

Maria Cláudia de Macedo Miranda Marandino

 

Resendense de nascimento e carioca desde os meus três anos, sou professora (aposentada) especializada em alfabetização e pré-escolar. Amo ler pelo simples prazer de ler! Não sou especialista em literatura mas vou colaborar no 1 olhar com o resumo que faço de cada um dos muitos livros que leio na esperança de despertar o leitor que sei que vive dentro de cada um de nós: todos somos leitores, basta que o livro certo nos encontre!

Please reload

 SIGA-NOS AQUI TAMBÉM 
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W
 os mais RECENTes : 

August 6, 2018

August 3, 2018

July 18, 2018

July 11, 2018

Please reload

Please reload

Copyright © 1Olhar 2017

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

O 1 Olhar é uma plataforma colaborativa com mais de 50 colunistas compartilhando o olhar, a opinião de pessoas normais sobre os acontecimentos que nos cercam.

Quer colaborar? Entre em contato